Respeito que vai além do trânsito.

Respeito que vai além do trânsito.

18/11/2016

Aqui na NB você aprende que ser educado no trânsito é essencial para ser um bom condutor. Além de aprende a respeitar as sinalizações, o meio ambiente e os demais condutores no dia a dia, aprende que o respeito vai além do trânsito. Afinal, o respeito e a educação podem transformar o mundo ao nosso redor.


É por isso que reunimos aqui algumas dicas de como fazer a diferença no trânsito:

Dica 1 – Levar mais de uma pessoa no carro.
Quanto mais pessoas no carro com você, são menos carros na rua. Se você conseguir se articular para não sair sempre sozinho ou para conseguir uma carona… é ponto positivo!

Dica 2 – Mantenha a pressão dos pneus em dia.
Recomendamos que você não demora mais de 1 mês para ir no posto e dar aquela “calibradinha”. Não deixe pra depois, não demora mais que 10 minutos. O ruim de estar com a pressão dos pneus muito baixa, é que o consumo de combustível aumenta e o desgaste no carro também.

Dica 3 – Tente reduzir o uso do ar condicionado.
Em tempos de verão e calor, na nossa cidade ele parece essencial pra evitar que você não chegue suado nos lugares. Porém, o equipamento pode promover um aumento de até 20% no consumo de combustível. Tente estabelecer metas de consumo do ar, por exemplo: usar só na ida ou só na volta, ou um dia sim e um dia não. Uma dica é usar quando o trânsito estiver parado, mas desligar se o tráfego fluir.

Dica 4 – Quando você força o motor também está consumindo mais combustível.
Se você sabe que vai ter que reduzir ali na frente, não precisa correr tanto. Todo aumento de velocidade também é aumento de consumo. Qualquer pulo de velocidade, o aumento no gasto de combustível é de 30%, em média. Fora que freiar bruscamente pode gerar acidentes entre você e outros motoristas.

Dica 5 – Manter checagens e revisões em dia é uma questão de segurança e respeito à vida.
Um carro em bom estado consome menos combustível e diminui o desgaste das peças. Manter tudo em ordem faz com que você economize (e o meio ambiente agradece). E além de economizar, você também protege a sua vida e a dos outros motoristas. E ninguém gosta de ficar na mão não é?! E se o seu carro tiver problemas, lembre-se: o problema também é seu.


__________________________

• Jornalismo e conteúdo por Karina Cavalcante: Futura poliglota, curiosa de nascença, tagarela por escolha ;)